domingo, junho 07, 2009

Sábado

Sair sozinha. Estacionar, entrar, dizer o nome, não pagar.
A companhia, a conversa e a noite toda valiam bem mais do que os quinze euros que não paguei. Valeram.

Sem comentários:

Publicar um comentário